Stand-up

Por que praticar o Stand Up Paddle

 

Faixa etária para a prática

O SUP pode ser praticado por mulheres, homens, crianças, de uma faixa etária de 4 a 64 anos ou mais, e sem qualquer preparação física. A nossa intenção neste site é disponibilizar para pessoas não esportistas, não atletas, a iniciação em uma modalidade simplesmente fascinante.

 

Facilidade de iniciação da modalidade

No primeiro dia de prática, a pessoa já rema, fica de pé, e curte. Essa modalidade permite que qualquer pessoa curta a modalidade no primeiro dia, e passe, desse ponto, somente a evoluir.

Um esporte emocionante e fascinante

Para quem odeia uma esteira de academia, o SUP é amor a primeira vista, você pode remar com amigos, parentes, até sozinho, sendo um esporte aeróbico e completo.

Descobrimento de novos lugares

As pessoas não fazem idéia de como existem lugares fascinantes bem perto da gente. Com a prática do SUP, para todo lugar que você olhar, vai imaginar se é possível praticar o esporte. Para isso temos o mapa, na seção onde praticar.

Altíssima queima calórica

O SUP, por trabalhar em cima de uma superfície móvel (a água), exige do praticante, um trabalho de equilíbrio constante. Mesmo a pessoa iniciante ou a pessoa mais experiente tem que manter as pernas e o abdômen contraídos para a mantença do equilíbrio. Esclarece que não é difícil ficar de pé, mas existe uma trabalho de todo o corpo, pés, pernas, abdômen, braços.

 

Recuperação de lesões

o SUP é recomendado para reforço de tornozelos, joelhos, pois não existe impacto, contudo, é exigido permanentemente a musculatura do tornozelo, e joelhos, pois se trabalha em uma superfície móvel.

Contato com a natureza

O SUP é contato direto com a natureza. Em lagos, barragens e rios é um esporte contemplativo, e de consciência ecológica. Praticar o SUP em rios é emocionante, mas seriam muito mais legal se houvessem rios mais limpos para se remar. Daí o despertar para a preservação da natureza.

Baixíssimo custo fixo

Após a aquisição de uma prancha de SUP, não existe manutenção fixa. Uma queixa constante de meus amigos trilheiros e cavaleiros é a manutenção cara de sua prática esportiva. Não que não valha o dinheiro, mas o SUP é uma modalidade de custo fixo baixo, e tal fato deve contar como ponto positivo para a prática do esporte.

 

Pode ser praticado em vários níveis

O SUP é semelhante ao surfe, porém, o início é imediato, as pessoas saem praticando no primeiro dia. Não precisa ser atleta, ou praticante de outro esporte. Sei que muitas pessoas sonham em praticar o surfe. Contudo, 90% das pessoas desistem no início. É um esporte difícil de ser praticado no início, pois leva muito tempo para pegar a primeira onda. Da mesma forma, surfe não é como andar de bicicleta, pois um mês sem atividade física, você (surfista de fim de semana), não consegue pegar ondas.
A maior dificuldade do surfe está no êxito do “drop”, momento em que o surfista alcança a velocidade da onda, remando deitado, levanta e fica de pé. A remada exige uma condição física de boa para ótima, senão, a onda passa e o surfista não pega a onda. Pior, o surfista não rema suficiente e pega a onda quebrando, oportunidade que conhece a “wipe out”, ou, no bom português, leva uma vaca. O SUP, stand up paddle, chegou para permitir as pessoas, não atletas, de praticarem um esporte emocionante, com vários níveis de graduação. Contudo, a grande diferença, e ao contrário do surfe, qualquer pessoa consegue ficar de pé na prancha, remar, e curtir muito, no primeiro dia. Realmente, uma sensação muito emocionante para quem não pratica nenhum esporte, e tem vontade de começar algo diferente, seja sozinho, com amigos e/ou com a família.